Seja bem vindo ao Erin Richards Brasil! Sua principal fonte de informações sobre a talentosa atriz galesa Erin Richards.

Gotham pode estar lentamente transformando Barbara Kean em Arlequina.

Não é nenhum segredo que “Gotham” introduzirá a Arlequina em algum ponto, e o produtor executivo John Stephens disse mais cedo que acontecerá nesta 3ª temporada. Quando perguntado novamente pelo Cinema Blend sobre quando a personagem fará sua aparição, ele finalmente deu uma resposta mais específica. “Podemos vê-la no episódio 22,” revelou.

Stephens e seu co-produtor executivo Ken Woodruff disseram mais cedo ao IGN que os fãs de “Gotham” já viram a Arlequina em episódios passados, eles só não sabiam que era ela. “Você pode já ter visto a Arlequina como uma pessoa que você achava que conhecia por muito tempo. Portanto, sempre nos reservamos o direito de fazer isso também,” disse Woodruff.

Stephens acrescentou que “a Arlequina é um pouco mais que uma situação difícil, mas é uma que já pensei para a personagem. Nós não queremos revelar muito sobre isso, mas definitivamente será alguém ligado ao culto do Coringa que criamos. Ainda está na estrada, mais tarde na 3ª temporada.”

Devido a seus comentários enigmáticos, os fãs saltaram a várias conclusões a respeito de quem o personagem pode ser. No entanto, a crença mais popular é que Barbara Kean (Erin Richards) é quem eles estavam se referindo. Durante um episódio anterior de “Gotham”, um bandido veio ameaçando o novo clube de Barbara, “The Sirens”, que ela possui com Tabitha Galavan (Jessica Lucas). Em vez de se sentir assustada ou ameaçada, Barbara deu uma risada sinistra antes de espancar seu assaltante.

O site de notícias The Wrap notou que a reação louca de Barbara é uma reminiscência da personalidade igualmente louca de Arlequina, e há uma grande chance de que “Gotham” esteja lentamente transformando Barbara em Arlequina.

Fonte: Yahoo!
Tradução: Erin Richards Brasil

Por izzie em gotham, notícias, séries
Comentários
‘‘Na vida real, você não sabe o que vai acontecer com você, então por que seu personagem saberia? É libertador interpretar a emoção que seu personagem está sentindo naquele momento e não saber o que irá acontecer. Eu gosto disso.’’

- Erin Richards.